COMPRE SEU INGRESSO PARA A CCXP18

3º lote até 02 de Dezembro

O benefício da meia-entrada é válido para:
Estudantes / Idosos / PCD / Professores das redes estadual e municipal de São Paulo / Aposentados.
E você sabia que pode pagar metade do valor do ingresso simplesmente doando um livro em bom estado?
Este é o nosso ingresso social*! Confira os livros permitidos em nossa CENTRAL DE AJUDA.
*Preço promocional sujeito a alterações e válido enquanto durarem os estoques.

Formas de Pagamento
Cartão de crédito parcelado em até 6x ou em até 10x para valores acima de R$ 1.000,00 (Mastercard e Visa). Boleto apenas à vista.

4º lote

Ingressos

Ícone de Notícia

Notícias

Masterclasses da CCXP

Para os apaixonados por quadrinhos como nós, realizar a CCXP é um dos pontos altos do ano, pois não só trazemos o que há de melhor na cultura pop para os fãs, como dedicamos carinho especial à programação da nona arte! 

Além de painéis sobre os lançamentos do mercado e um Artists’ Alley incrível, com talentos escolhidos a dedo expondo seus trabalhos e compartilhando momentos inesquecíveis com os fãs, nós buscamos os maiores mestres e talentos para transmitir um pouquinho do conhecimento acumulado em anos de carreira para os iniciantes e curiosos das HQs. 

Feitas com patrocínio e curadoria da Chiaroscuro Studios, as masterclasses são um espaço para troca de ideias, debates eletrizantes, relatos emocionantes e até de revelações surpreendentes sobre os bastidores da produção nacional e mundial. Em 4 anos de evento, recebemos 29 artistas em quase 50 horas de masterclasses épicas! Nomes como Klaus Janson, Sean Murphy, Jae Lee, Bill Sienkiewicz e David Mack já passaram pelo Auditório Prime para compartilhar seus conhecimentos em roteiro, ilustração, cores e muito mais.

Saca só alguns dos artistas geniais que já fizeram masterclasses nos 4 anos do evento:



Scott Snyder


Scott Snyder entregou uma das masterclasses mais marcantes da CCXP 2014, em que falou sobre os desafios de ser roteirista de quadrinhos. Snyder disse que nunca foi um prodígio e sempre participou de concursos de textos ficcionais na escola, mas era sempre um dos piores escritores. Contou que fez inúmeros cursos de literatura e escrita e que noventa por cento do seu talento vem de trabalho duro e muito estudo e que não espera por inspiração, trabalha até quando não tem vontade. Sempre teve paixão por escrever.


Capa de American Vampire - Second Cycle


É conhecido por títulos como Batman e Vampiro Americano, trabalho com arte de Rafael Albuquerque e feito ao lado do mestre do terror Stephen King. A parceria foi assunto de parte da aula. O artista falou sobre a inspiração para produzir uma de suas obras mais famosas nas HQs do Homem-Morcego, Court of Owls: “Procuro inserir experiências próprias. Coisas que inspiram ou humilham fazem dos personagens mais humanos”.



Mark Waid


Em seus 30 anos de carreira, Mark Waid já entregou obras seminais como O Reino do Amanhã e a premiadíssima passagem por títulos do Demolidor, Quarteto Fantástico e Capitão América. Trouxe sua experiência e bom humor em uma aula detalhada de roteiro para quadrinhos na CCXP 2015: “Você sabe que está se tornando humilde quando resume três décadas de carreira em uma hora de apresentação”.


Arte de Reino do Amanhã por Alex Ross, com roteiro de Mark Waid


Outras citações ficaram marcadas na nossa mente: "Qualquer coisa que não faça a história andar, nem conte algo que não se sabia sobre o personagem é desperdício do tempo do leitor". Ressaltou ainda que HQ é sobre uma sucessão de “momentos congelados”, que quadros só comportam cenas que estariam em uma fotografia. “Não dá para pedir pro ilustrador colocar em um quadro só ações como ‘o personagem pisca’. É preciso economizar na narrativa visual”.

Comparou ainda tal economia com o roteiro de Cães de Aluguel de Quentin Tarantino: “Gângsters discutindo Madonna durante quinze minutos numa mesa de cafeteria seria um péssimo começo para uma HQ”.



Brian Azzarello


Brian Azzarello se considera um espião. “Eu fui um espião a vida toda”. É assim, ouvindo as pessoas e sintonizado com o que acontece no mundo e ao seu redor que o autor de 100 Balas, uma das HQs mais celebradas dos últimos anos, que ele tira suas ideias para histórias arrasadoras. Na masterclass sobre roteiro na CCXP 2016, Azzarello contou que trabalha o tempo todo e que sua cabeça é como uma esponja: absorve todos os estímulos ao seu redor e vive pensando em como utilizá-los para seus trabalhos.


Arte de 100 Balas por Eduardo Risso, HQ roteirizada por Azzarello.


Gosta de ir para cafeterias e usa o programa Word para escrever. Disse que é sempre importante ter o final da história em mente, mesmo que a história demore anos para ser finalizada. Se você lê no jornal sobre um homem de pijamas que invadiu o apartamento e matou outro homem, você já tem o fim da história, e a criatividade deve estar no preenchimento entre o meio e o começo de tudo. “Tente ter certeza de que tudo e todos numa história estão lá por uma razão”. Contou também que o artista precisa ser visto, e fazer webcomics é sempre um bom jeito de chegar aos olhos dos editores. 



Ben Templesmith


“Eles não querem só contar boas histórias, eles querem vender”. Sem papas na língua, Ben Templesmith mostrou a que veio em sua masterclass e, com o perdão da piada, tocou o terror no Auditório Prime da CCXP2017. Conhecido e venerado pelos fãs de horror por trabalhos como “30 dias de noite” e “Fell”, o artista já passou por gigantes do mercado como DC Comics, onde produziu Gotham By Midnight, obra derivada do universo de Batman. 



Elogiou bastante a organização da CCXP (YES!!!) e foi super-receptivo com os fãs. Elogiou a recepção dos artistas nacionais e disse que, de todos os eventos que participou, a Comic Con Experience é o maior e melhor evento que já viu, e fez questão de observar o cuidado e o carinho que temos com o Artists’ Alley (o Beco dos Artistas). No final, fez a alegria da galera ao sortear alguns dos rascunhos e desenhos encerrando sua aula com chave de ouro.

E aí? Curtiu saber mais sobre o mercado de HQs, as técnicas e histórias incríveis dos quadrinistas na CCXP? Conte pra gente quais foram as suas masterclasses favoritas!


Não se esqueça de ficar ligado no nosso site e nas redes sociais para saber as novidades do maior festival de cultura pop do planeta!