.

História das Comic Cons

06-05---A-História-das-Comic-Cons-PNG

 

Era uma vez …

… um grupo de fãs e profissionais de quadrinhos que, em 1968, se reuniu em um hotel no que chamaram de “Comicon” (convenção de quadrinhos, em tradução livre), quando inclusive organizaram um “fancy dress contest” (concurso de vestimentas). Nascia ali uma tradição que se espalhou pelo mundo e que evoluiu com o passar do tempo, vindo a incorporar outras áreas além dos quadrinhos.

Isso aconteceu em Birmingham, na Inglaterra.

Foi apenas dois anos depois, em 1970, que o formato chegou a San Diego, quando aconteceu a primeira “Golden State Comic-Con”, reunindo 300 pessoas. Embora seja a maior e mais conhecida de todas, a Comic-Con Internacional de San Diego não detém o direito sobre o nome ou formato do evento e, administrada por uma organização sem fins lucrativos, realiza apenas outros dois eventos: WonderCon e APE – Alternate Press Expo.

Uma “comic con” é, portanto, um nome que descreve e identifica um tipo específico de evento, que tem fortes raízes nos quadrinhos e que, nas últimas décadas, passou a abranger outras áreas da cultura pop como tv, cinema, games, RPG e colecionáveis, entre várias outras.

Ao longo dos anos, este tipo de evento cresceu exponencialmente e a demanda por outros encontros de fãs levou à criação de dezenas de outras “comic con” apenas nos Estados Unidos. Atualmente, há aproximadamente 40 “comic cons” ao redor do mundo, não só na América do Norte, mas também na Índia, Filipinas, Romênia e vários outros locais.

Por mais de uma década nós participamos de comic cons ao redor do mundo como jornalistas, quadrinistas ou apenas fãs e fomos aprendemos o que faz uma comic con ser algo inesquecível. Há tempos temos este sonho de trazer para a “nossa casa” esta mesma experiência que tivemos por lá, de realizar um evento feito de fã para fã!

Decidimos trazer para o público brasileiro esta experiência, até por isso o nosso nome. Nosso objetivo era e ainda é o de conseguir o maior equilíbrio possível entre as diferentes áreas, de construirmos algo juntos. Montamos a programação da CCXP com base no que observamos ao longo destes anos, levando em conta os interesses e anseios do público brasileiro.

De 4 a 7 de dezembro, #CCXP2014 ocupou 40.000m² do então Centro de Exposições Imigrantes, o “Expo Imigrantes”, e levou 92.000 nerds ao delírio num evento sem precedentes para o mercado de entretenimento nacional! Os fãs puderam conferir as novidades das melhores empresas do mercado de cultura pop, pré-estreias de Operação Big Hero e O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos, estandes e painéis de grandes estúdios como o da Paramount Pictures com um recado especial do astro Arnold Schwarzenegger para os fãs brasileiros, viram de perto convidados como Jason Momoa e Lino Facioli (Game of Thrones), Richard Armitage (O Hobbit), Jim Morris (presidente da Pixar), o elenco de Marco Polo! No Artists’ Alley, ícones dos quadrinhos como Klaus Janson (Cavaleiro das Trevas), José Luiz Garcia-Lopez, Sean Murphy, e brasileiros consagrados como Maurício de Souza, Rafael Grampá, Ivan Reis, Fábio Moon e Gabriel Bá e muitos outros. Mas foi só o começo!

Na #CCXP2015 quebramos nossos recordes e ainda trouxemos um dos mestres supremos da nona arte como Convidado de Honra do evento: Frank Miller! De 3 a 6 de dezembro, trouxemos ao São Paulo Expo Exhibition & Convention Center (antigo Expo Imigrantes) mais de 142.000 pessoas e ocupamos 55.000m² de seu pavilhão, que contou com mais e maiores estandes do mercado de entretenimento, um Artists Alley ainda maior, que contou com a presença de nomes como Mark Waid, Jim Lee, John Totleben, David e Meredith Finch, Mike Deodato Jr., Rafael Albuquerque e tantos outros nomes dos quadrinhos nacionais e internacionais! Para alegria dos Hunters, trouxemos o ator Misha Collins de Supernatural; em parceria com a Netflix, os elencos de Ridiculous 6, Sense8 e os atores de Jessica Jones Krysten Ritter e David Tennant; Evangeline Lilly e John Rhys-Davies conquistaram nossos corações com seu carisma, entre outros grandes artistas que marcaram presença nesta grande festa geek. Os fãs puderam conferir as pré-estreias de Creed – Nascido para Lutar e O Bom Dinossauro, e painéis épicos como os de Star Wars: O Despertar da Força (com o produtor Bryan Burk) e Capitão América: Guerra Civil. Estreamos áreas como o Samurai Alley, que contou com a presença do artista marcial Isao Machii e o mangaká Hiro Kiohara, e o Music Alley, com venda de produtos musicais, bandas e a presença de João Gordo, Hermes e Renato, Detonator, e muito mais em um evento de tirar o fôlego de qualquer nerd!

Agora, os desafios serão ainda MAIORES e MAIS ÉPICOS: quebrar recordes anteriores e realizar O MAIOR EVENTO GEEK DE 2016! Neste ano, a CCXP passará de 55 mil m² para 100 mil m², ocupando toda a área do São Paulo Expo, o que representa um crescimento de 80% em relação ao ano passado e 2,5 vezes maior que a primeira edição da CCXP em 2014. Teremos um Artistis’ Alley central abrigará 300 artistas e um auditório principal colossal! Grandes nomes dos quadrinhos, como Frank Quitely, Arthur “Art” Adams e Eduardo Risso já foram anunciados; a Toei Animation confirmou presença e trará novidades de Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco e Sailor Moon; Serão muito mais atrações, mais estandes e uma CCXP muito mais épica!

Já garantiu seu ingresso? GARANTA JÁ O SEU EM bit.ly/ingressosCCXP2016!

A onda de anúncios mal começou e sequer foram anunciadas as grandes atrações de cinema e TV, estandes e lançamentos entre outras novidades. Os fãs já sabem que a CCXP é um evento imperdível e que as atrações sempre valem muito a pena. Afinal, nenhum geek quer perder o evento que se consolida como a terceira maior comic con do mundo! Esperamos ver você na CCXP!

#QueDezembroChegueLogo

Um abraço,
The Fellowship of the Comic Con Experience